hello world!

Otimizar e segmentar os anúncios no Facebook

Otimizar e segmentar os anúncios no Facebook: o que ter em conta?

Como obter melhores resultados

O Facebook Ads pode ajudar a impulsionar os seus posts, promover a sua página, aumentar as conversões no seu website, o engagement, as visualizações, reunir leads para o seu negócio, e muito mais.

Contudo, existem algumas variantes que podem potencializar as suas campanhas digitais nesta plataforma, e a correta segmentação é uma delas. Simplificando este conceito, podemos dizer que a mesma permite mais facilmente apresentarmos a nossa solução a quem realmente a procura.

No início da utilização da publicidade, na Antiguidade Clássica, a mesma era feita oralmente e o objetivo era ser conhecido pelo máximo de pessoas possível. Em geral, o pensamento era: quantas mais pessoas souberem do meu negócio, mais clientes irei ter!

Contudo, hoje em dia, com o aumento do número de produtos e serviços oferecidos, e consequentemente, o aumento da concorrência, a correta segmentação traz resultados mais focados, e reais, pois irão afetar diretamente as vendas! E isto é uma necessidade não só em campanhas offline, como também no mundo digital. A vantagem presente nas campanhas digitais é a facilidade com que podemos segmentar as mesmas.

Neste artigo, iremos abordar uma dessas ferramentas digitais: o Facebook Ads, e as suas diferentes categorias que poderá fazer uso quando cria um anúncio, para criar um público personalizado.

Quais as vantagens de utilizar Facebook Ads?

Tamanho da audiência – Mundialmente, o Facebook já conta com mais de 2.50 biliões de utilizadores ativos por mês (Zephoria.com).

Tempo de utilização – A média de uso diária está à volta dos 35 minutos por dia (SproutSocial.com).

Conversões Nativas - O utilizador não precisa de sair do Facebook para preencher o formulário. Desta forma a conversão tem tendência a ser superior, visto que a experiência do utilizador não é interrompida.

Fácil utilização – Como os dados podem ser recolhidos diretamente na plataforma, torna-se desnecessária a criação de novos caminhos de conversão (ou landing pages).

Segmentação – É possível segmentar a um alto nível, visto que o Facebook Ads permite escolher interesses, comportamento, informação demográfica, ou até mesmo excluir uma certa audiência que não fará sentido, e muito mais. Isto significa que quando bem utilizado, os anúncios irão ser vistos pelas pessoas realmente interessadas.

otimizar-e-segmentar-os-anuncios-facebook

É no otimizar e segmentar os anúncios do Facebook que está o verdadeiro valor da plataforma. Na verdade, há muito por explorar, pois a definição do target é um mundo em si só. Neste artigo vamos analisar as principais categorias de segmentação de anúncios no Facebook, e a sua importância:

Tipos de Segmentação no Facebook

  1. Localização
  2. Dados Demográficos
  3. Interesses
  4. Comportamentos
  5. Conexões
  1. Localização

Com esta opção é possível incluir ou excluir pessoas que irão ver o seu anúncio baseado em onde vivem, sítios que visitaram, ou viagens que fizeram. E pode adicionar os países, as regiões, as cidades ou até mesmo os códigos postais que pretender.

Isto é bastante valioso no que toca a negócios locais, ou e-commerce que não têm envios globais.

  1. Dados Demográficos

A melhor forma de segmentar utilizando dados demográficos é pensar na sua persona de compra ideal, e utilizar estes dados para chegar à mesma, através dos seguintes tópicos:

  • Idade, Género e Linguagem:

Pode escolher uma idade mínima e uma idade máxima, um género exclusivo ou os dois, e a linguagem pode também ser adaptada dependendo da localização pretendida. Consequentemente o seu anúncio será apresentado a quem está dentro de todos estes parâmetros.

  • Nível de educação, Rendimento e Ocupação profissional:

Quanto mais aprofundamos, mais a segmentação pode ser afunilada, e por vezes pode, ou não, fazer sentido. Como tal, tem a opção em todas estas categorias de incluir ou excluir estes dados.

  1. Interesses

Aqui é possível definir que queremos apenas chegar a utilizadores que demonstraram interesse em algo específico que deverá estar relacionado com o seu produto ou serviço, como por exemplo: cozinhar, praticar ténis, ou até mesmo trabalhar em Marketing. Poderá encontrar tudo desde fitness, desportos, negócios e compras.

  1. Comportamentos

É possível também segmentar as suas campanhas no Facebook Ads através de comportamentos praticados pelo seu target. Como, o sistema operativo que usam, históricos de compra, eventos que gostam, ou até aniversários celebrados.

  1. Conexões

Este dado é bastante útil se pensar que é possível excluir ou incluir pessoas que já interagem com o seu negócio (na página de Facebook, na sua app, ou num evento), dependendo do objetivo da sua campanha, claro. Seguem-se alguns exemplos:

  • Página de Facebook: pessoas que gostaram da sua página, incluindo ou excluindo amigos destas primeiras.
  • App: pessoas que já usaram a sua app, ou amigos destas.
  • Eventos: pessoas que responderam ao seu evento, ou também amigos destas.

Convém referir que a segmentação não é o fim da estratégia no Facebook Ads. Deverá ser utilizada em conjunto com uma mensagem cativante, e atrativa, com valor real para o seu cliente, e que este tenha vontade de realizar alguma ação, mais especificamente, a ação que você definiu como objetivo.

André Lamarão | Todos os direitos reservados, 2021
crossmenu linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram