Agosto 20, 2020

Como otimizar uma Landing Page

Quer aumentar a sua taxa de conversão e otimizar os seus resultados?

Porque otimizar a sua Landing page…

A criação de uma Landing Page é uma forma bastante eficiente de transmitir a sua mensagem, e os benefícios que o seu produto ou serviço podem satisfazer!

O e-commerce em Portugal tem registado um crescimento elevado nos últimos anos. No ano passado este negócio já valia cinco mil milhões de euros (dinheirovivo.pt). Consequentemente, qualquer negócio, que tenha uma vertente digital, necessita de ser detalhado na definição da sua estratégia, para que possa atrair mais conversões.

As Landing Pages podem ajudar neste processo e aumentar a sua receita, quando implementadas corretamente. Como tal, neste artigo vamos abordar os seguintes temas:

O que é uma Landing Page?

landing-page-como otimizar-e-obter-resultados

Uma Landing Page, ou em tradução literal, uma página de destino, é uma página de um site que pretende converter visitantes em leads. Existem vários tipos de Landing Pages, contudo todas têm a mesma finalidade: obter mais leads.

Um dos grandes objetivos de uma Landing Page é fazer com que o seu público-alvo encontre com facilidade o que deseja, e sentir-se satisfeito e esclarecido uma vez que deixe o seu site.

Estas páginas contêm um formulário onde são solicitadas informações aos seus visitantes. É importante perceber que estas informações pessoais apenas são partilhadas uma vez que a oferta seja valorizada pelo indivíduo.

Vantagens do uso de uma Landing Page

Principalmente a eliminação de distrações, através da remoção de pontos de fuga, links concorrentes e opções alternativas, como por exemplo visitar outras páginas do site. Isto traduz-se numa atenção total da sua audiência, o que consequentemente permite que o visitante seja orientado para onde seja mais desejável: responder a um formulário para deixar as suas informações, ou seja converter em lead.

Quais os benefícios da otimização de Landing Pages?

Otimizar uma Landing Page é sinónimo de estar nos primeiros resultados nos motores de busca, que por sua vez significa diminuir a distância entre o seu target e a sua solução.

Todos sabemos a satisfação sentida quando encontramos o que estamos à procura num curto espaço de tempo. Como tal, existem técnicas e estratégias para entregar o seu benefício rapidamente ao seu utilizador, com o intuito de o fidelizar. Iremos conhecer algumas de seguida!

Estratégias para otimizar a sua Landing Page

  1. Call-to-action claro

O botão call-to-action (chamada à ação) é o mais importante numa página de destino. Devido ao facto de ser este que permite que o seu visitante seja convertido em lead. É fundamental que seja claro e objetivo, e que contraste com o fundo da sua página para chamar a atenção.

  1. Quanto mais simples melhor

Em poucos segundos o seu visitante vai decidir se a oferta feita no site é do seu interesse ou não. Quanto menos conteúdo lhe for oferecido na página inicial, melhor. É aconselhável que esta página tenha apenas as informações essenciais e indispensáveis do benefício que está a oferecer.

  1. Formulários simples e curtos

Quanto mais campos forem apresentados, maior tende a ser a sua taxa de abandono. Isto porque ninguém gosta de passar 20 minutos a preencher um formulário para obter um simples eBook. Além de ser aborrecido muitas pessoas não se sentem seguras em partilhar muita informação pessoal.

landing-page-como-otimizar

Principais métricas para avaliar a sua Landing Page

Claro que nada do que aqui foi falado faz sentido sem a constante análise, para que seja possível verificar as melhorias necessárias.

Vamos agora falar das métricas mais importantes para que esteja atento durante a sua campanha de Lead Generation (geração de leads).

  1. Bounce Rate (Taxa de Rejeição)

Esta taxa apresenta a percentagem de visitantes da sua Landing Page que saíram sem fazer qualquer interação com a mesma.

Esta métrica pode ter vários significados como, o visitante não era o seu target, e por isso não tem interesse na oferta, a página não está bem estruturada, tem demasiado texto, não está apelativa, entre outras.

  1. Exit Rate (Taxa de Saída)

A taxa de saída por vezes é confundida com a métrica anterior. Contudo, esta apresenta a percentagem de visitas que saíram da sua Landing Page depois de terem interagido com a mesma. Esta taxa pode ser mais elevada quando uma página de destino não é intuitiva, simples e clara.

  1. Conversion Rate (Taxa de Conversão)

Esta métrica é das mais importantes e não pode ser ignorada. Isto porque, mede o número de visitantes que executaram a ação pretendida, que pode ir desde o preenchimento do formulário completo, à compra de um eBook ou outro produto/serviço.

A taxa de conversão permite determinar o sucesso da campanha e é fundamental que seja medida idealmente, pelo menos uma vez por semana.

  1. Click Through Rate (Taxa de Cliques)

Aqui é medido o número de cliques que são feitos comparando com o número total de visualizações únicas da página.

Para que este número seja o mais bem-sucedido possível é necessário que a call-to-action tenha um tom de urgência, que o benefício para o cliente seja reforçado, e não o esforço que o mesmo tem de fazer para o obter.

Conclusões

Existem inúmeros motivos pelos quais as suas campanhas podem não ser bem-sucedidas. Como tal, o passo mais importante para que a sua Landing Page seja otimizada é a constante medição dos resultados. Se seguir os passos aqui indicados, estará mais próximo de potenciar os resultados da sua Landing Page e consequentemente da sua campanha.

Apenas não se esqueça de apresentar um benefício que o seu cliente vá valorizar!

Gostou do Artigo? Partilhe :)
, , , , ,