Google Tag Manager: como usar o novo modo de visualização

Google Tag Manager:  O novo modo de visualização

Se pretende tirar o máximo partido do Google Tag Manager (GTM) para o seu negócio, confira neste artigo todas as dicas para utilizar o novo modelo de visualização desta ferramenta.

O Google anunciou recentemente esta novidade e nós não queremos que fique para trás, uma vez que esta ferramenta tem um valor incrível para a estratégia de marketing digital na sua empresa. Se por acaso é a primeira vez que ouve falar, não se preocupe.

Começamos por dizer-lhe do que se trata:

O GTM permite-lhe aplicar tags de rastreamento em todo o espectro das plataformas analíticas e de publicidade do seu negócio, por meio de uma interface simples e intuitivo.  O novo modo de visualização desta ferramenta deve ser aberto numa aba separada e tem a capacidade de rastrear tags e interações no decorrer da sua jornada no website, proporcionando-lhe uma visão geral mais abrangente.

Esta configuração é uma espécie de mistura entre recursos anteriores da extensão do Chrome Assistente de Tags, para um novo modo de visualização mais integrado. Uma transição significativa que pode facilitar a vida de muitos marketeers! Vamos experimentar?

Para aceder a este Preview Mode, clique aqui:

google-tag-manager-modo-preview-novo
De seguida, pode introduzir o URL onde pretende que seja feita a análise.

google-tag-manager-novo-modo-preview

Assim que carregar no botão “Iniciar”, será conduzido para o website.

Ao concluir as ações no website, poderá ver os detalhes de todas as tags que disparam, associadas a cada página, na guia Assistente de tags (relembramos que terá duas abas abertas, uma com o site e outra com esta informação). Provavelmente vai reparar numa pequena sobreposição no canto esquerdo inferior do site, com a informação “Debugger Connected”.

gtm-novo-modo-preview

Neste caso pode clicar no X nesta caixa para encerrar o processo de visualização. A barra lateral esquerda mostra todas as páginas a que acedeu (cada uma indicada por uma caixa colorida e uma seta suspensa à esquerda).

Aqui poderá também ver todos os eventos numerados na ordem em que ocorreram (Container Loaded, DOM Ready, Window Loaded, etc.). Cada um deles denota um evento que o GTM monitoriza para disparar os gatilhos e recolher dados.

O que pode descobrir sobre cada evento, clicando nele?
- Que tags foram disparadas e quando;
- Que variáveis ​​foram associadas;
- Que valores são mantidos na camada de dados;
- Que erros ocorreram.

Por outro lado, se quiser consultar mais detalhes sobre as tags disparadas, basta clicar na tag, na guia Assistente de tags. A título de exemplo, digamos que pretende verificar novamente a sua tag de Remarketing do Google Ads.

google-tag-manager-como-usar-novo-modo-preview Ao clicar, poderá encontrar muita informação:

- Propriedades, incluindo o ID de conversão e campos para configurações adicionais relacionadas à tag
- Onde a tag foi disparada;
- Qualquer acionador de disparo associado à tag;
- Bloqueios que estão a impedir o disparo;

Tudo isto, com um bónus.

Se estiver a utilizar uma tag que se correlaciona com variáveis ​​específicas (marcadores de posição para valores), poderá ver estes itens listados na secção de Variáveis. Se já terminou de recolher toda a informação por hoje e quer saber como terminar a sua sessão, é simples. Se já passou por várias páginas e deseja apenas limpar o que foi rastreado até agora e preparar o sistema para começar do zero, basta clicar na lata de lixo no painel superior esquerdo ao lado de "Resumo".

gtm-como-usar-novo-modo-preview
Esta ação limpará os dados de todas as tags disparadas até o momento.  Agora, que comecem os testes! Sempre que estiver a configurar tags e acionadores no GTM, deve testar antes de colocar as suas alterações online, para garantir que tudo está a funcionar conforme o esperado. As atualizações no modo de visualização do GTM permitem que os profissionais de marketing avaliem mais facilmente de que forma as tags são disparadas numa sessão de várias páginas.

Isto vai permitir-lhe descobrir o motivo pelo qual as tags não estão a funcionar, encontrando eventuais erros e as variáveis ​​específicas que aparecem. No entanto, e como todas as novas versões em cada ferramenta, ainda estamos numa fase de alguma “turbulência” com esta experiência e sabemos que existe ainda um longo caminho pela frente, cheio de possibilidades.

Usar o novo interface nem sempre será um mar de rosas, sobretudo para quem estava habituado a organizar-se da forma como a informação se apresentava anteriormente.  Acredito que num futuro próximo o Assistente de Tags poderá vir a ser transformado numa experiência mais unificada em todos os produtos do Google. O bom do marketing digital é isto mesmo: um mundo em constante evolução e transformação, que oferece novas e melhores ferramentas, com soluções para o sucesso dos nossos negócios.

Quanto ao GTM, esperamos atentos pelo que nos trarão as futuras versões.  Fica o convite para continuar desse lado a seguir, em primeira mão, todas as dicas e novidades mais relevantes para o seu negócio.

Partilhe a sua opinião e experiência: [email protected] 😀

linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram